top of page
  • Foto do escritorAdriana Giuntini

LGPD: Investir em adequação dá lucro?


Desde a aprovação da Lei Geral de Proteção de Dados Pessoais -LGPD, em 2018, é perceptível a sua evolução em importância para empresas e cidadãos.


Hoje as pessoas estão cada vez mais conscientes dos seus direitos e fazem muito mais perguntas sobre como os seus dados estão sendo usados.


A CISCO realizou, em anos anteriores, várias pesquisas de privacidade com questionários em milhares de empresas em todo o mundo e constatou que é realmente vantajoso para empresas investir nessa temática.


Os principais resultados encontrados foram:


• A maioria das empresas está com retornos muito positivos sobre seus investimentos em privacidade, e mais de 40% percebem o dobro de benefícios em relação ao gasto de privacidade.


• Usando a "Roda de responsabilidade" criada pela Centre for Information Policy Leadership (CIPL), encontramos fortes correlações entre a responsabilidade de privacidade das empresas e os custos de violação mais baixos, menores atrasos de vendas e mais retornos financeiros.


• O percentual de empresas que afirma receber benefícios comerciais significativos devido à privacidade (por exemplo, eficiência operacional, agilidade e inovação) cresceu para mais de 70%.


• A grande maioria (82%) das empresas considera as certificações de privacidade como o ISO 27701 e o Privacy Shield como um fator de compra ao selecionar um produto ou fornecedor na cadeia de fornecimento.


Os resultados encontrados apresentam fortes evidências de que a privacidade se tornou um investimento atraente. As empresas que estão em conformidade com as leis de privacidade e proteção de dados melhoram as relações com os seus clientes, tem mais eficiência operacional e obtém mais lucro.


Quer saber mais sobre a pesquisa? Acesse aqui o relatório completo!


2020-data-privacy-report-ptbr (1)
.pdf
Download PDF • 2.31MB

Комментарии


bottom of page